A moderna canaricultura de cor no Brasil tem crescido a passos largos nos √ļltimos anos. Os can√°rios evoluem, novas cores s√£o reconhecidas, os padr√Ķes se adaptam e tamb√©m evoluem. Aos ju√≠zes e criadores a OBJO oferece mais essa importante ferramenta de auxilio ao acompanhamento dessas mudan√ßas.

O presente trabalho √© o "filho mais novo" de uma fam√≠lia de manuais que come√ßou em 1986 com o "Manual de Julgamento OBJO" que englobava os v√°rios segmentos ornitol√≥gico e n√£o apenas can√°rios de cor. Foi um marco e o in√≠cio do estabelecimento de crit√©rios e padr√Ķes que foram respons√°veis pela grande evolu√ß√£o experimentada pela canaricultura. A partir desse trabalho, em 1991 foi publicado o "Manual de Julgamento de Can√°rio de Cor" que estabelecia crit√©rios mais detalhados e completo, pontua√ß√Ķes e tabelas de julgamento. Com o reconhecimento de novas cores e a evolu√ß√£o de padr√Ķes, em 2001 foi editada nova vers√£o do Manual, j√° com fotografias e muito mais completo.

Essa vers√£o, 2012, do Manual de Julgamento de Can√°rios de Cor √© fruto do trabalho de uma equipe de ju√≠zes que se reuniu periodicamente ao longo dos √ļltimos dois anos e procurou n√£o somente atualizar os padr√Ķes, mas tambem alinh√°-los aos padr√Ķes aprovados pelo Ordem Mundial de Ju√≠zes.

 

ORDEM BRASILEIRA DE JU√ćZES DE ORNITOLOGIA

Jo√£o Francisco Basile da Silva

PRESIDENTE